medo

Quais são os seus medos?

Quem nunca sentiu um friozinho na barriga, perdeu a voz, passou noites em claro e suou frio?

O coração chega a saltar pela boca, a respiração acelera e a boca seca. Essas são algumas das reações que sentimos quando temos medo.

Medo é algo comum de nós, seres humanos, e faz parte da nossa evolução humana e está relacionado com o nosso instinto de sobrevivência e proteção, mas, esses medos devem ser observados porque podem também nos paralisar e impedir de seguir nossos planos e objetivos.

E hoje eu quero falar com você sobre os 3 principais medos que temos:

Medo do Fracasso

Este existe muitas vezes devido a país críticos ou que não tiveram os resultados esperados na sua mesma idade e momento. 

As pessoas que têm medo de fracassar colocam muitas expectativas na primeira tentativa, e quando não obtém sucesso, fica desanimado e se coloca como fracassado.

Mas para evitar e eliminá-lo, é preciso que você tenha clareza e pense positivo, porque esse processo de tentativa sempre traz benefícios e aprendizados, ou seja, mesmo que “fracasse”, você obterá grandes ensinamentos para uma próxima etapa.

Medo da Mudança

Mudar doí, não é mesmo?

O medo de mudar se refere ao medo do desconhecido e surge da nossa imaginação. Este normalmente acontece por estarmos receosos ou incerto do que pode ou está para acontecer em nossas vidas, seja uma mudança de emprego, cidade ou estado.

Mas o medo de mudar também surge da falta de imaginação, de nos libertar para perceber o quanto o novo pode ser estimulante e motivador.

Além disso, é sempre importante estar atento se ele é uma proteção ou está sendo um inimigo para o seu desenvolvimento.

Porque mudar e crescer doí, mas continuar onde você não é feliz e realizado doí muito mais.

E para te ajudar a diminuir essa dor, é preciso ter um objetivo bem definido, calma, cautela, e por fim, traçar um plano e colocar em prática.

Medo da Falta de Apoio

Receber um elogio, um apoio e força do seu melhor amigo, pais, companheiro (a) é muito bom num é?!

Mas não devemos nos manter presos a esse apoio para que os nossos objetivos e planos realmente aconteçam, você é o maior responsável pelo seu sonho.

Normalmente, tememos tanto a falta de apoio das pessoas, por não estarmos realmente fiéis aos nossos planos, porque quando você realmente acredita nas suas ações, não há necessidade de depender do apoio do outro, apenas de você mesmo.

Tenho 3 dicas para te ajudar:

  • Acredite mais em você.
  • Se auto valorize.
  • Não se prenda a opinião do outro.

Fez sentido para você?
Deixe seu comentário aqui em baixo.

Categorias:

Ainda sem respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Agende sua Sessão Gratuita